Concurso Tâmaras

Poemas para depois do amanhã

A primeira etapa de análise dos textos e dos vídeos pela curadoria dos idealizadores do concurso, em parceria com os coletivos Poetas Ambulantes, Sarau do Binho, Sarau dos Mesquiteiros, Slam das Minas (SP) e Slam do 13 foi concluída. A pontuação adquirida nessa fase soma-se a da próxima.

A segunda etapa será online na rede Instagram. Os vídeos de todos os finalistas serão postados na plataforma IGTV do perfil da Polo Cultural (@polo_cultural), e a pontuação será calculada pela quantidade de curtidas que cada vídeo receber no período de 6 à 17 de junho, de acordo com a tabela abaixo:

ClassificaçãoPontuação
1º Colocado2
2º Colocado1,8
3º Colocado1,6
4º Colocado1,4
5º Colocado1,2
6º Colocado1
7º Colocado0,8
8º Colocado0,6
9º Colocado0,4
10º Colocado0,2

Pensando a poesia como uma ponte entre sentimentos e pessoas surge o Concurso Tamara - Poemas para depois do amanhã, que propõe o semeio das palavras como forma de enfrentar essa pandemia: se ainda não há cura ao vírus, que a arte viralize afeto e sonhos para os dias que virão.


PONTUAÇÃO GERAL 1ª FASE

1º FASE

2ª FASE

  NOMEESTADO 1ª FASE 2ª FASE TOTAL VÍDEO
Anne Da TerraRJ 5,25 2 7,25 Link
vichistóriasSP 5,325 1,8 7,125 Link
O ZéAM 5,15 1,6 6,75 Link
Ana SchaeferRJ 5,2 1,4 6,6 Link
Luiz Gustavo CunhaAM 5,325 1,2 6,525 Link
Ane CfickSP 5,65 0,6 6,65 Link
Mayra SilvaSP 5,45 0,8 6,25 Link
BeleléuSP 5,1 1 5,7 Link
Andréia MaressaSP 5,25 0,4 5,65 Link
10º PakManBA 5,325 0,2 5,525 Link

  NOME ESTADO 1ª FASE 2ª FASE TOTAL VÍDEO
Poeta Rebelião SP 5,05 2 7,05 Link
Manu Alves MG 5,2 1,8 7 Link
Azzi RS 5,7 1,2 6,9 Link
Alpha Mc SP 5,275 1,6 6,88 Link
Vigosi SP 5,4 1,4 6,80 Link
Bruna SP 5,75 1 6,75 Link
Ela Poetisa SC 5,95 0,8 6,75 Link
Lim PE 5,5 0,6 6,10 Link
Carla Santos SP 5,55 0,4 5,95 Link
10º Erick Heinom SP 5,05 0,2 5,25 Link

  NOME ESTADO 1ª FASE 2ª FASE TOTAL VÍDEO
Julie Ketlem PE 6,4 1,8 8,2 Link
Ingrid Martins SP 6,6 1,6 8,2 Link
Daiane Gomes RJ 6 2 8 Link
Karen Samyra SP 6,2 1,4 7,6 Link
Michel Iakini SP 6,1 1,2 7,3 Link
Alê Solórzano AM 6 1 7 Link
Gilberto Costa SP 6,3 0,6 6,9 Link
Bruno Pastore SP 6 0,8 6,8 Link
Aramyz SP 6,2 0,4 6,6 Link
CaLu RJ 6 0,2 6,2 Link

 
Inscrições
  • 24 de abril a 22 de maio
Categorias
  • Semear
    Destinada a novos autores, que nunca tiveram textos publicados em livros, seja autoral ou coletânea.
  • Cultivar
    Destinada a alunos matriculados regularmente no ensino público escolar.
  • Colher
    Destinada a autores independentes que já estejam dentro do universo literário, tendo ou não obras publicadas.
Premiação
  • Semear
    • 1º colocado: R$600,00 (seiscentos reais)
    • 2º colocado: R$300,00 (trezentos reais)
    • 3º colocado: R$200,00 (duzentos reais)
  • Cultivar
    • 1º colocado: R$500,00 (quinhentos reais)
    • 2º colocado: R$250,00 (duzentos e cinquenta reais)
    • 3º colocado: R$100,00 (cem reais)
  • Colher
    • 1º colocado: R$1500,00 (mil e quinhentos reais)
    • 2º colocado: R$1000,00 (um mil reais)
    • 3º colocado: R$500,00 (quinhentos reais)

Mesquiteiros

é um coletivo de literatura formado por jovens e adolescentes de escolas públicas da Zona Leste de São Paulo. Idealizado pelo escritor e educador Rodrigo Ciríaco, desde 2009 promove saraus em escolas públicas e centros culturais, além de um grupo de estudo, encontros literários e publicações de livros. É responsável pelo Concurso Literário "Pode Pá Que É Nóis Que Tá" e organizador da Casa Poética.
Desde 2012 os

Poetas Ambulantes

realizam intervenções nos transportes públicos, com o intuito de levar poesia para pessoas que não estejam esperando por isso. Por entender a literatura marginal como ferramenta de transformação e diálogo com as mais diversas esferas da sociedade, o grupo também promove ações em escolas, ONGs e unidades da Fundação CASA. Como forma de experimentar as diferentes possibilidades da linguagem poética, nos últimos anos tem desenvolvido seu trabalho artístico explorando a performance e construção de espetáculos com base no teatro e sporkenword.
O

Sarau do Binho

acontece há mais de 17 anos na zona sul de SP. É um encontro de pessoas ligadas às várias linguagens culturais: poetas, artistas plásticos, músicos, cineastas, fotógrafos, atores e outros, da região de Campo Limpo. É um espaço de encontro humano, onde a literatura e a Poesia têm espaço privilegiado. O Sarau do Binho desenvolve várias ações com foco no incentivo à leitura, como a Bicicloteca, Livros no Ponto, Kombiblioteca e Leitura Surpresa e a Felizs-Feira Literária da Zona Sul, que em setembro de 2019 vai realizar sua V edição.
A

Slam das Minas SP

é a primeira batalha poética de São Paulo com recorte de gênero, nascida em 2016 a coletiva atua com literatura em diversas linguagens, explorando as construções possíveis através das palavras, com organização de Luz Ribeiro, Pam Araujo, Mel Duarte e Carol Peixoto as batalhas acontecem mensalmente de forma itinerante.
O

Slam do 13

é um coletivo que promove batalhas de poesia falada há 7 anos na zona sul da cidade. Os eventos acontecem mensalmente, na plataforma do Terminal Santo Amaro – Metrô Largo Treze (linha lilás) e contam com duas competições na mesma noite, de poemas curtos e longos.

Em caso de dúvidas ou esclarecimentos, por favor entre em contato através do e-mail tamaras@polocultural.com.br.