Uma doação de aventais fez girar a economia solidária em Ibitinga

WhatsApp Image 2018-09-11 at 13.59.35

A cidade de Ibitinga deu um exemplo de economia solidária dentro do projeto O Palco. A inciativa partiu de uma pequena loja de costura na cidade conhecida como a capital do bordado que resolveu doar aventais para ajudar nas atividades das crianças.

“A nossa empresa é bem pequena, é empresa familiar, não tem muito institucional, mas tem que promover o melhor possível, principalmente relacionado as crianças”, afirma Janaia Fabri, da Loja Recanto da Costura.

Foram 15 aventais doados e a quantidade pode até parecer pequena, mas tem faz uma diferença gigantesca nessa economia colaborativa que faz o projeto O Palco unir a cidade pela educação e pelas artes.

O exemplo de Janaia tem o impulso de continuar um ciclo de quem reconhece os frutos de uma vivência com as artes na infância. “Tive uma infância muito bacana, com educação, cultura e valores familiares. Minha maior motivação é a valorização das crianças.  Não é ser o salvador da pátria, mas é relacionado à autoestima, já vale a pena, valoriza a criança”, completa a empreendedora.

Mãos na massa com aventais novos!

Mãos na massa com aventais novos!

Janaia conhece o professor Jefferson Mendes, oficineiro do Polo Cultural em Ibitinga, desde os tempos da infância, quando ambos eram crianças e já mostravam um envolvimento com as atividades culturais. O respeito pelo trabalho cultural que Jeff levou adiante em Ibitinga, também colaborou para esse giro solidário na economia solidária.

“Desde pequeno ele quis desenvolver alguma coisa na cidade. Em um desses nossos encontros, ele contou do projeto, queria fazer algo bacana com as crianças, pois como ele descobriu o talento para as artes, ele espera que algumas crianças se encontrem também”, contou Janaia, que a partir de relato do amigo resolveu colaborar.

Os aventais foram usados na Oficina de Bonecos organizada pelo professor Jefferson, mas seguem com o projeto para outras atividades artísticas.