Com apoio do Polo Cultural, Kaique recebe doação de andador

WhatsApp Image 2018-08-09 at 131834

Nesta semana, Kaique voltou às aulas junto com a legião de companheiros do projeto Acessibilidade em São Paulo, com mais uma companhia: o tão sonhado andador. O jovem, que tem uma doença congênita múltipla, lutou junto com os professores da iniciativa para conseguir o acessório que agora o ajudará a evoluir com a marcha.

 
“Pra mim foi muito bacana, porque a gente notou que a postura dele melhorou muito. Além disso, ele estava muito ansioso, toda vez olhava para mim e falava ‘andador'”, contou a coordenadora do Acessibilidade, Bruna Burkert.

 
Até conseguir a doação do andador, Kaique deu um passo de cada vez, sempre com o apoio das pessoas do Polo Cultural e com outros voluntários que se sensibilizaram com a causa do menino. Ele teve que fazer fisioterapia para identificar o aparelho correto à sua postura e tamanho. “Agora é um novo início, uma nova fase na vida dele”, reforçou Bruna, cheia de esperança pelo que o futuro do jovem reserva.

 
“Minha felicidade é em ver a realização dele. Era possível ver que ele queria muito isso; e o sonho e a vontade de uma criança como o Kaique precisa ser realizado. Ele soube compreender exatamente a necessidade e o significado disso”, vibrou a coordenadora.

 
Kaique segue seus novos passos.