A Real Importância do Grupo

Foto post 2

A escola é a primeira sociedade que conhecemos. É na escola que, em geral, surgem as primeiras conquistas, os primeiros embates e desafios. Dentre todos os possíveis desafios o convívio em grupo é aquele que pode influenciar a maneira com que o indivíduo se relacionará por toda fase adulta.

Mas… e quando a criança tem deficiência? Como esse relacionamento pode impactar sua formação? Como é tratado na escola?

A sensação quando se entra no universo da criança com deficiência matriculada numa escola pública regular é que ela tem a total consciência de que existem os grupos e de que ela não pertence a nenhuma deles. A explicação disso é que ela é constantemente privada de atividades comuns como as festas juninas ou as excursões habituais, como idas ao zoológico e parques de diversões.

Quando iniciamos nosso projeto em março de 2017 percebemos que as crianças com deficiência da escola se reconheciam, mesmo as que não frequentam a mesma turma ou não estão nem no mesmo ano, mais uma prova de que elas entendem e exclusão à qual são submetidas. Os comportamentos eram sistematicamente de natureza individual, nos momentos de criação remetiam sempre a membros da família.

Dentro desse cenário chega o teatro. Já de início propõe que se sentem no chão (quando estão desde o ciclo 1 ouvindo os “modos” como devem se comportar). Os encontros não os motivam a serem ouvintes, mas criadores. Finalmente, através dos jogos, mostram a importância do outro. Passo a passo o sentimento de exclusão é colocado de lado pois no olhar do outro cria-se a cumplicidade, tão importante para o crescimento de qualquer ser humano, tenha ele deficiência ou não.

De todos os objetivos pedagógicos que o projeto tinha para o primeiro semestre, o que de longe se destaca como devidamente cumprido é a resposta de grupo. Já podemos afirmar que o teatro mexeu com o conformismo desses pequenos, que gostaram de disputar espaço, compartilhar risadas e até esperar por sua vez na hora da brincadeira. Parece simples, mas para eles foi um grande passo.