Apresentação marcante traz missão contínua pela arte em Bauru

O projeto O Palco trabalha com metodologias artísticas durante o contraturno escolar no período mínimo de um ano letivo. Só isso já seria suficiente para falarmos em um legado transformador para os alunos. No entanto, a iniciativa ainda propõe um desafio: uma apresentação.

O espetáculo, montado com muitas mãos, não somente agrega maior conhecimento aos participantes, uma vez que eles participam ativamente dos bastidores da montagem, como também, e principalmente, denota um momento de protagonismo na vida das crianças, que vivem a experiência riquíssima de subir em um palco.

“Não sei dimensionar quanto isso foi importante”, começa Bel Droppa, procurando as melhores palavras para traduzir a lembrança do espetáculo em Bauru, onde ela lecionou junto ao projeto nas aulas de dança contemporânea e balé em 2018. “Foi muito bonito e foi um momento de coragem também, muitas estavam com os pais na plateia o que aumentava a ansiedade. Mas também foi um momento mágico, por todo o contexto, de nunca sequer terem assistido um espetáculo e estarem lá se apresentando”, acrescentou ao encontrar as palavras certas.

A professora reforça o caráter social de colocar alunos de uma escola pública no centro de um espetáculo. “Acredito que essa foi a real ideia do espetáculo, de mostrar que eles importam. As crianças importam!”, ressalta Bel.

“Foi tudo muito positivo, os desafios que a gente teve e o processo de construção. As crianças ficaram muito felizes e a apresentação foi mágica”, analisa a educadora, que também acumulou novos aprendizados com a parceria com o projeto O Palco.

“Cumprir essa missão me faz muito feliz, porque faz sentido dentro de mim”, finalizou. Apesar da missão ter sido dada como cumprida, sempre há novos rumos a serem traçados quando falamos de arte e educação, por isso as professoras de Bauru já iniciam um movimento pela continuidade dessa ação com respaldo municipal. O Polo Cultural, entidade por trás de O Palco, agradece o empenho de todos os professores que construíram uma educação melhor por meio da arte. A continuidade da iniciativa ainda depende de apoio e você pode ajudar, veja como!