Polo Cultural é reconhecido por seu trabalho no Jaçanã

Depois de mais de uma década de trabalhos pelas cultura no Jaçanã, zona norte de São Paulo, o Polo Cultural recebeu o reconhecimento da Secretaria do Estado pela enorme dedicação pelas artes e a cultura com o projeto O Palco e Acessibilidade no CEU Jaçanã. Vencedor entre os engajamentos de Ponto de Cultura – chamado de Novo Trem das Onze, a instituição recebeu incentivo financeiro do Governo do Estado para dar continuidade aos trabalhos.

“Nunca tivemos essa verba e isso será ainda mais importante porque garante o projeto por mais um ano ativo. A continuidade do projeto dependeu muito disso”, comentou Bruna Burkert, coordenadora do projeto Acessibilidade, que inscreveu o projeto.

O Polo Cultural é um Ponto de Cultura no Jaçanã desde 2008 e recebeu reconhecida premiação depois de resultados expressivos no acesso às classes de menor renda em atividades culturais e artísticas. “Eu estava esperando desde que escrevi o projeto e tinha muita confiança, pois estamos consolidados no Jaçanã, que é como um coração do Polo Cultural.

Além das turmas de teatro e balé, com o projeto O Palco, o Acessibilidade, programa de inclusão de crianças e jovens com deficiência em atividades culturais e artísticas apresentou grandes resoltados em dois anos de atuação. No último ano, a peça de encerramento de O Palco contou com a presença especial das crianças do Acessibilidade, que mostraram muito entrosamento com as demais turmas, sinais claros de inclusão por meio das artes.

O espetáculo vibrante terminou com os merecidos aplausos, os quais reforçamos após mais um conquista de alunos, professores e gestores. Seguimos sempre fortes com o Jaçanã.